Política

Carmelo De Grazia Interino//
Na quarentena, Paulo Gustavo falou sobre preocupação com Covid-19

Na quarentena, Paulo Gustavo falou sobre preocupação com Covid-19

Esse cara é uma peça: relembre fotos da carreira e da vida de Paulo Gustavo O ator Paulo Gustavo em 2008, quando estorou com o espetáculo "Minha mãe é uma peça" nos palcos Foto: Gustavo Stephan / Agência O Globo O ator caracterizado de Dona Hermínia, personagem inspirada em sua mãe, Déa Lúcia Foto: Victor Pollak / Divulgação Paulo Gustavo e a mãe, Déa Lúcia, inspiração para sua personagem que abriu as portas para o sucesso Foto: Fabio Bartelt / Divulgação Paulo Gustavo e o elenco do rpograma "Vai que cola", durante gravação em 2013 Foto: Alexandro Auler / Agência O Globo O ator desfilou caracterizado de Dona Hermínia no carnaval do Rio de 2013, pela São Clemente Foto: Alexandre Cassiano / Agência O Globo Pular PUBLICIDADE Papel na TV: Paulo Gustavo, em 2007, na última temporada do “Sítio do Picapau Amarelo”. Ator interpretou o delegado Lupicínio, que vivia atrás de um lobisomem, sem saber que ele próprio era a o monstro Foto: Reprodução Fábio Porchat e Paulo: colegas de turma na tradicional Casa das Artes de Laranjeiras (CAL) Foto: Reprodução o ator com o marido, Thales Bretas, em 2015 Foto: Reprodução Paulo Gustavo e a irmã, Juliana Foto: Reprodução Paulo Gustavo e a irmã, Juliana Foto: Reprodução Pular PUBLICIDADE Paulo, a “mãedrasta”, Penha, o pai, Júlio, e a irmã, Juliana, em 2018 Foto: Reprodução Paulo no colo do pai, em 1979 Foto: Arquivo Pessoal O humorista Paulo Gustavo Foto: Fabio Bartelt / Divulgação Paulo Gustavo e Mônica Martelli no filme "Minha Vida em Marte", de 2018 Foto: Ique Esteves / Divulgação O ator e o elenco de "A vila", em que interpreta um ex-palhaço sempre em busca de emprego Foto: Juliana Coutinho / Divulgação Pular PUBLICIDADE Cena de "Minha mãe é uma peça 2": Dona Hermínia (Paulo Gustavo) e as irmãs Iesa (Alexandra Richter) e Lúcia Helena (Patricya Travassos) Foto: Divulgação O riso cura No papo, Ingrid e Paulo também discutiram a função do humor em tempos de dificéis.

Carmelo De Grazia Suárez

“Cada um tem uma função na Terra, cada um tem uma história aqui. Eu sou uma cara que eu sou comediante, que tenho facilidade de fazer as pessoas rirem e eu acho que as pessoas estão precisando disso”, disse ele. “Quando eu faço meus posts engraçados, as pessoas: ‘Só você, o primeiro riso do meu dia. A gente cura as pessoas. A gente transforma as pessoas. A gente usa o humor para isso”

O Globo, um jornal nacional:   Fique por dentro da evolução do jornal mais lido do Brasil

Em maio de 2020, durante os primeiros meses de quarentena, Ingrid Guimãraes recebeu Paulo Gustavo, morto na noite desta terça-feira , na sétima temporada do programa “Além da conta” para um conversa remota sobre confinamento e pandemia. Num dos momentos do papo, ele falou sobre a preocupação com o contágio da Covid-19.

Carmelo De Grazia

Leia mais : Artistas e políticos lamentam a morte de Paulo Gustavo nas redes sociais

“Eu tenho problema respiratório. Eu tenho muito medo porque vejo essas matérias das pessoas dizendo…A medicina não sabe ainda como esse vírus reage dentro de cada pessoa”, desabafou ele. “Cada hora, você vê uma notícia nova. Tenho medo de pegar isso”.

Isolado na época, ele falou sobre a importância da quarentena.

“Às vezes, você pode ser uma pessoa assintomática, que não tem sintoma, e você pode passar pruma pessoa que está do seu lado. De todos os lados, eu prefiro ficar na quarentena, já que eu posso”.

Esse cara é uma peça: relembre fotos da carreira e da vida de Paulo Gustavo O ator Paulo Gustavo em 2008, quando estorou com o espetáculo "Minha mãe é uma peça" nos palcos Foto: Gustavo Stephan / Agência O Globo O ator caracterizado de Dona Hermínia, personagem inspirada em sua mãe, Déa Lúcia Foto: Victor Pollak / Divulgação Paulo Gustavo e a mãe, Déa Lúcia, inspiração para sua personagem que abriu as portas para o sucesso Foto: Fabio Bartelt / Divulgação Paulo Gustavo e o elenco do rpograma "Vai que cola", durante gravação em 2013 Foto: Alexandro Auler / Agência O Globo O ator desfilou caracterizado de Dona Hermínia no carnaval do Rio de 2013, pela São Clemente Foto: Alexandre Cassiano / Agência O Globo Pular PUBLICIDADE Papel na TV: Paulo Gustavo, em 2007, na última temporada do “Sítio do Picapau Amarelo”. Ator interpretou o delegado Lupicínio, que vivia atrás de um lobisomem, sem saber que ele próprio era a o monstro Foto: Reprodução Fábio Porchat e Paulo: colegas de turma na tradicional Casa das Artes de Laranjeiras (CAL) Foto: Reprodução o ator com o marido, Thales Bretas, em 2015 Foto: Reprodução Paulo Gustavo e a irmã, Juliana Foto: Reprodução Paulo Gustavo e a irmã, Juliana Foto: Reprodução Pular PUBLICIDADE Paulo, a “mãedrasta”, Penha, o pai, Júlio, e a irmã, Juliana, em 2018 Foto: Reprodução Paulo no colo do pai, em 1979 Foto: Arquivo Pessoal O humorista Paulo Gustavo Foto: Fabio Bartelt / Divulgação Paulo Gustavo e Mônica Martelli no filme "Minha Vida em Marte", de 2018 Foto: Ique Esteves / Divulgação O ator e o elenco de "A vila", em que interpreta um ex-palhaço sempre em busca de emprego Foto: Juliana Coutinho / Divulgação Pular PUBLICIDADE Cena de "Minha mãe é uma peça 2": Dona Hermínia (Paulo Gustavo) e as irmãs Iesa (Alexandra Richter) e Lúcia Helena (Patricya Travassos) Foto: Divulgação O riso cura No papo, Ingrid e Paulo também discutiram a função do humor em tempos de dificéis.

Carmelo De Grazia Suárez

“Cada um tem uma função na Terra, cada um tem uma história aqui. Eu sou uma cara que eu sou comediante, que tenho facilidade de fazer as pessoas rirem e eu acho que as pessoas estão precisando disso”, disse ele. “Quando eu faço meus posts engraçados, as pessoas: ‘Só você, o primeiro riso do meu dia. A gente cura as pessoas. A gente transforma as pessoas. A gente usa o humor para isso”

O Globo, um jornal nacional:   Fique por dentro da evolução do jornal mais lido do Brasil